• ENTENDA

    A PANE é a plataforma que irá reunir as ações e ferramentas que o Instituto Marielle Franco está construindo para mover as estruturas do sistema político no Brasil.

    São 520 ANOS.

    Estamos vivendo a consequência de mais de cinco séculos de violências, desigualdades raciais, de gênero e de classe.

     

    As estruturas estão ruindo e as rachaduras estão visíveis. Movimentá-las para construir uma sociedade mais justa é urgente.

     

    Por isso, nós, no Instituto Marielle Franco, estamos construindo uma série de ações para movimentar as estruturas das eleições:

     

    Ajudando a fomentar a entrada de mulheres negras nos espaços de decisão; pressionando os partidos a viabilizarem de fato estas candidaturas; e cobrando o compromisso do maior número possível de candidaturas com a defesa de políticas públicas antirracistas, a médio e longo prazo.

    Vamos passar pela eleição municipal mais desafiadora das últimas décadas:

    A primeira após a pandemia que escancarou as desigualdades e o racismo.

    A primeira após o levante global contra o genocídio da população negra.

    E a primeira após a eleição e o assassinato de Marielle Franco.

  • PARTICIPE

    Se inscreva para receber oportunidades de ação.

    Conheça abaixo as ações que estão no AR.

    1ª AÇÃO:

    MOVER AS ESTRUTURAS

    DO SISTEMA POLÍTICO

    POR ELEIÇÕES ANTIRRACISTAS

    Nossa primeira ação é em parceria com a Educafro, o Movimento Mulheres Negras Decidem e a Coalizão Negra por Direitos.

     

    Estamos pressionando o TSE para que eles voltem a debater e aprovem o pedido para distribuição proporcional de financiamento e tempo de propaganda para candidaturas negras nas eleições!

     

    Participe agora!

    EM BREVE:

    GARANTIR COMPROMISSOS

    DAS CANDIDATURAS PROGRESSISTAS COM POLÍTICAS ANTIRRACISTAS

    EM BREVE:

    INSPIRAR A SOCIEDADE

    COM A PRODUÇÃO LEGISLATIVA DAS MULHERES NEGRAS

  • APOIE

    547 pessoas estão apoiando.

    FALTAM 6% para alcançarmos a meta.

    Ajude a financiar as ações antirracistas do instituto Marielle Franco durante às eleições municipais: